Gerenciador Eficaz - Programa para controle de estoque, vendas ,financeiro, NF-e

07 dicas para uma boa gestão empresarial!





Tanto quanto conquistas e sucessos, os problemas, erros e fracassos fazem parte do dia a dia de todo empreendedor. E isso é normal, desde que ele e sua empresa esteja sempre prontos para lidar com tudo isso. É aí, então, que entra um fator chave: a gestão. Não há ideia, por mais maravilhosa que seja, que resista à má execução.

Construir um grande negócio é uma tarefa que exige muita dedicação, inteligência e, claro, capacidade de gestão. Sem que o empreendedor saiba gerenciar a empresa, as chances de um pequeno problema se transformar em catástrofe rapidamente aumentam à medida em que a empresa cresce.

Sendo assim, trouxemos 07 dicas para uma boa gestão empresarial. São elas:

  1. Saiba mapear seu negócio

O primeiro ponto que deve ser avaliado profundamente pelo gestor é o mapeamento de seu negócio, qual o modelo que você deseja implantar e como vai fazer para conseguir alavancar a sua ideia.

Garanta um plano de negócios bem formulado, com planejamento de ações e métricas claras. Pense em ações diárias, semanais e mensais, sendo essencial o foco neste momento de múltiplas ideias.

  1. Avalie seus clientes, o mercado e sua localização

Ajudando a mapear o seu negócio, avalie seus potenciais clientes e o mercado do qual você fará parte. Veja quais serão seus concorrentes e como eles têm trabalhado. Tente mensurar a quantidade e qualidade de seus clientes, observando se o modelo de negócio que você está pensando é de acordo com o local onde pensa em se estabelecer.

Faça um levantamento sobre as tendências de consumo nos arredores do estabelecimento. Atualmente, os modismos têm tido vida curta e tendências rapidamente se tornam ultrapassadas. Por isso, análises de longo prazo são essenciais nesse momento.

  1. Não erre ao escolher a sua equipe

A montagem de uma boa equipe também é uma dica essencial para a boa gestão empresarial. Mesmo havendo a necessidade de poucos auxiliares, procure pessoas que você tenha afinidade.

Dependendo do porte de seu negócio, familiares podem ser contratados, mas devem entender que no ambiente de trabalho as relações familiares não devem interferir. O que deve prevalecer é a qualificação da pessoa e como ela está desempenhando a função que lhe foi direcionada.

Tenha sempre uma postura de liderança. Aja com assertividade e justiça. Não aceite falhas de conduta e sempre dê exemplos motivacionais e inspiradores. Procure manter um bom clima organizacional mesmo nos momentos de maiores dificuldades.

  1. Antes de cobrar, seja um bom gestor

Administre bem a sua empresa, independentemente de seu porte, tentando manter todas as suas obrigações em dia. Relacione-se com seus colaboradores da melhor forma possível. Tenha um envolvimento cordial e próximo com eles. Dê autonomia, mas acompanhe de perto as atividades de cada membro da equipe.

Elogie em público o bom desempenho individual e, havendo a necessidade de uma crítica ou advertência, faça-a reservadamente. Transmita segurança e autoridade para todos, sem que haja qualquer tipo intimidação. A relação líder-liderado deve ser a mais tranquila e transparente possível.

  1. Tenha controle financeiro

Mantenha um controle rigoroso sobre a sua vida financeira. Não misture a sua vida financeira pessoal com a sua vida financeira empresarial. Saiba separá-las e mantê-las independentes.

Siga sempre as orientações dos consultores financeiros, evitando entrar no cheque especial e exceder no cartão de crédito. Isto é importante para a sua empresa e também para você, como pessoa física.

Tenha controle dos gastos e somente faça investimentos dentro da sua capacidade de pagamento. Fuja dos juros bancários e das instituições financeiras.

  1. Saiba se comunicar

Tanto internamente quanto externamente, tenha uma comunicação direta, clara e abrangente. Dentro da empresa, faça reuniões de avaliação e de definição de metas. Estabeleça prioridade de ações e de procedimentos. Seja eficiente na divulgação e acompanhe sempre que possível o desempenho de seus colaboradores.

Externamente, faça um marketing dentro de suas possibilidades. Normalmente, as pessoas imaginam marketing como sendo uma atividade para grandes empresas. Na verdade, qualquer divulgação é uma ação de marketing e serve para difundir sua empresa e seus produtos e serviços.

Uma prática simples e que traz um bom retorno para os pequenos negócios é o boca a boca. Estimular essa prática entre os seus clientes é uma ótima medida. Utilizar outros canais como prospectos, faixas e mensagens em redes sociais ou em aplicativos de relacionamento também ajudam.

  1. Procure inovar sempre

Como dito em outro tópico, os modismos estão cada vez mais intensos e com uma vida útil mais curta. Avalie as tendências do mercado. Antecipe, dentro do possível e lance produtos e serviços inovadores.

Fique atento aos avanços tecnológicos. A geração milênio que está atuante no meu momento não adquire quase nada que não esteja sendo comentado nas redes sociais. Fique atento ao Facebook, Twitter e Instagram. Estas ferramentas fazem parte do dia a dia das novas gerações e são potenciais reservatórios de ideias, tendências e objeções.

Além disso, tenha sempre um bom sistema de gestão ao seu lado, como exemplo o Gerenciador Eficaz, que é um sistema completo e automatizado feito para otimizar o seu tempo, e ainda melhorar o rendimento da sua empresa.

Economize Tempo e dinheiro para sua empresa

Contrate o gerenciador eficaz agilize os processos de gestão e tenha mais tempo livre para se preocupar com o crescimento de sua empresa.


Adiquira já

Informe os seus dados para prosseguir

Informe os seus dados para prosseguir